A Vida De |ZeDaNav|

quarta-feira, outubro 12, 2005

O Desporto Paralímpico

(Antes de mais, o ZeDaNav queria deixar bem claro que tem o maior respeito por todos os atletas ou pessoas que possuem uma deficiência física mas que no entanto não deixam de viver as suas vidas com alegria e determinação, quer no campo pessoal como no desportivo. Que fique claro que este artigo é apenas e só aquilo que é, um Post, num Blog, perdido no Ciberespaço, que ninguém é obrigado a ler. A quem ficou não tenho desculpas nenhumas a pedir, pois de certeza que já se riram de anedotas racistas, xenófobas, sexistas e por aí em diante. Em último caso, o ZeDaNav invoca que também é um membro da comunidade paralímpica sendo uma das grandes esperanças para o ténis de mesa para amblíopes.)

O ZeDaNav perdeu a vergonha e depois de anos a fio a contar a quem queria (ou não podia deixar de) ouvir, resolveu meter mãos à obra e falar sobre um assunto que sempre o assolou : o Desporto Paralímpico.

Primeiro que tudo, surge-lhe sempre uma grande dúvida : é "Paralímpico", "Paraolímpico" ou "Para-Olímpico" ?

Segundo a Lei de Bases do Sistema Desportivo diz-se "paraolímpico", mas o comité que representa esses atletas é o Comité "Paralímpico". Decidam-se.

Ou então existem mesmo os desportos Paralímpicos e os Paraolímpicos? Se sim, que classes de participantes é que concorrem a cada um? Não era altura de fazerem um "Grande Reportagem" sobre esta divisão? O ZeDaNav acha que isto é quase tão preocupante como a divisão da Fórmula 1.


Passando ao desporto em si, o ZeDaNav queria analisar os desportos individualmente :

-Futebol 11
Na vertente para cegos, o árbitro também o é? Nunca as bocas tipicamente portuguesas fariam tanto sentido.
Na vertente para amputados ao nível dos membros superiores, quando chove também usam manga comprida?E quando é que é mão? O árbitro diz "Coto" quando explica a falta?
O ZeDaNav queria também saber quem é que vai à baliza. Será o que tem os cotos mais compridos ou o que tem os cotos articulados? E o lançamento lateral?
Na vertente de cadeira de rodas, será que os suecos também são altos e toscos? Como é que se chama essa vertente? Será "Subbuteo Humano"?
Serão as rodas normais ou serão rodas especiais para relva?

-Hóquei no Gelo
Na vertente de cadeiras de rodas serão estas substituídas por lâminas? Não passam assim a ser trenós? Hóquei no Gelo com trenós?
Na vertente de amputados nos braços, quando é que se considera um golo "Shorthanded"?

-Equitação
Ao contrário do que ZeDaNav previa, na equitação não é o cavalo que possui a deficiência, mas sim o cavaleiro. Aqui está já um grande erro.
E que tal ver as provas mas com cavalos deficientes? Imaginem o "Dressage" (para quem não sabe o que é, esperem por um “post” para breve sobre desportos ridículos) mas com um cavalo coxo, o percurso de obstáculos para um cavalo amblíope e o "Cross Country" para um cavalo coxo e amblíope? Isto sim é um desporto.

-Tiro Ao Alvo
O ZeDaNav acha que todos sabem do que é que ele está a falar. Imaginem Tiro Ao Alvo para Invisuais ou para Pessoas com Doenças Nervosas que mexem muito os dedos. Impagável.

-Saltos Sincronizados
Mais conhecido como “Demonstração da Teoria da Gravidade” na sua vertente para pessoas com deficiências profundas, a prova de saltos poderia medir certos factores científicos como a velocidade, a aceleração, etc.
Para além dos óbvios atributos técnicos a serem julgados.



O ZeDaNav poderia continuar aqui a exemplificar este assunto, mas o ZeDaNav acha que já é altura de alguém explicar estas situações convenientemente. O público geral não pode ficar na ignorância.

Outro aspecto importante é o da divisão em classes. Quem determina essas classes? Qual é a diferença entre um amblíope de grau 2 ou grau 3?
Ambos correm com óculos pretos opacos. Aliás, até podiam deixar entrar pessoas com uma visão de 100%, que com aqueles óculos ia dar ao mesmo.



Felizmente Portugal tem alguns dos melhores atletas nestas competições, senão o ZeDaNav já estava a inscrever-se para cortar um bracinho ao Obikwelu...



Porque quem participa é sempre para ganhar...    

2 Comentários:

  • Antes de mais, nao se começa um texto com parentesis...
    Boa escrita, no entanto, atençao! o Fosso Olimpico nao pode ser esquecido.
    Aliás o que é o Fosso Olimpico? Aquilo é algum aterro sanitário para se chamar fosso?!?! Há mortes nesta especialidade de tiro para encher o fosso?!
    No comprendo...
    Mas para falar em desporto Paralimpico (ou lá com se chama...) temos que abordar o basquetebol em cadeira de rodas.
    Quando é que é passos?!
    Pode-se usar truques tipo Ben-Hur, para fura pneus?
    Como é que sao os ressaltos? Usam rodas com pump, tipo Reebok?
    Quando a bola vai a uma roda, é falta?!
    Tu que és da bicharada, explica ai esta mente confusa...
    Abraço

    Por Anonymous Giga, às 17:16  

  • Oi zé!!!

    Gostei do teu blog e sobretudo deste post, até porque me recordou conversas passadas....MotoGP 2004, sala de imprensa!!!

    Lembras-te? Olha que essa dos altos e toscos foi lá mencionada!

    E como é que isso vai....ainda foram 2 ou 3 dias a rir à grande. Pena é que depois não tenhas aparecido no jantar que não se realizou!! eheheh!!

    abraço!

    Pedro

    p.s. se quiserem saber mais sobre desporto para deficientes consultem o meu blog. a título de curiosidade...será que nos jogos paralímpicos existe estacionamento prioritário para gajos não-deficientes?

    Por Blogger Pedro, às 00:19  

Enviar um comentário

<< Home